Acompanhar a performance das transportadoras é importante, pois ela reflete diretamente na satisfação dos clientes. Ainda que os processos internos sejam aprimorados, se o serviço de transporte não for eficiente e de qualidade, o cliente atribui essa experiência negativa à sua empresa. Portanto, o ideal é criar indicadores de desempenho logístico e utilizar esses KPI’s para monitorar seus parceiros de negócio.

Quer saber melhor como fazer isso? Então continue acompanhando e saiba mais!

O que são os KPI’s?

Os KPI’s, sigla em inglês para Indicadores-Chave de Performance, são ferramentas de gestão utilizadas para acompanhar e compreender melhor o resultado de determinado processo, avaliando se o esforço empregado é suficiente para alcançar as metas que foram traçadas.

Por meio deles, o gestor consegue apontar quais são os focos de problemas, bem como quais ações podem ser tomadas para corrigir essas falhas.

Como eles podem ser aplicados nas empresas de transporte?

Estabelecer fatores de medição é o primeiro passo para determinar quais indicadores de desempenho logístico serão monitorados. Eles funcionam como um guia para a elaboração dos KPI’s a serem acompanhados. Nesse caso, pode-se definir como métricas para avaliar as transportadoras: percentual de atraso nas entregas, avarias, extravios, custo do frete, etc.

Outro ponto importante, é fazer essa definição de acordo com as estratégias da empresa e os objetivos do setor, pois isso ajuda a compreender por que os resultados esperados não estão sendo alcançados e o que pode ser feito para melhorar os processos relacionados a eles. Caso contrário, corre-se o risco de criar vários indicadores que na verdade não têm utilidade e que não ajudam a melhorar o planejamento.

Quais indicadores de desempenho logístico podem ser usados para avaliar as transportadoras?

Agora que já explicamos sobre o processo de elaboração dos indicadores de desempenho logístico, veja quais deles podem ser usados para avaliar as suas transportadoras parceiras:

Nível de serviço

O indicador de nível de serviço serve para avaliar a quantidade de entregas que são realizadas dentro do prazo acordado. Nesse caso, o CT-e pode ser utilizado como documento, visto que consta ali a data do recebimento e a assinatura do cliente (ou recebedor).

Alguns contratos preveem aplicação de penalidades caso o nível de serviço acordado não seja cumprido pela transportadora.

Índice de avarias

As avarias são um tipo de ocorrência que surge quando o produto chega para o cliente com algum problema que não foi causado por falha na fabricação. Elas ocorrem durante o transporte e manuseio da carga e podem ser amassados, quebra e arranhões, por exemplo.

O ideal é o cliente assinar o CT-e e apontar a avaria que o produto sofreu.

Índice de extravios

Os extravios ocorrem quando o produto some e, por esse motivo, não chega a ser entregue ao cliente. Quando isso ocorre, o próprio cliente pode ligar reclamando e a transportadora deve comprovar a entrega através do CT-e assinado.

Custo do frete

O custo do frete é um dos indicadores de desempenho logístico mais importantes para uma empresa. Isso se dá porque ele é um dos maiores custos absorvidos pelas operações logísticas.

Ele pode ser calculado de diversas formas: custo por km rodado, custo por rota, custo por cliente, custo por produto, entre outros.

Taxa de indisponibilidade

A indisponibilidade ocorre sempre que a empresa possui carga para ser distribuída, mas, por algum motivo, a transportadora não consegue colocar um veículo para fazer a rota, o que pode levar a atrasos no prazo acordado com o cliente.

Acompanhar essa taxa é importante para saber qual é a frequência da transportadora e avaliar o caso de procurar outro parceiro para o serviço.

Existem diversos outros indicadores de desempenho logístico que podem ser acompanhados, cabendo ao gestor a função de identificá-los e estudar de que forma eles podem ser úteis para melhorar o planejamento e conseguir resultados ainda melhores.

Agora que você já sabe mais sobre os indicadores de desempenho logístico, compartilhe suas opiniões e experiências sobre esse assunto conosco. Aproveite os comentários e participe da conversa!