Para dar conta da logística dos 2.000 portos existentes no mundo, é preciso contar com tecnologia de ponta, profissionais altamente capacitados e equipamentos adequados para diferentes funções.

Diante da importação e exportação de toneladas de produtos a todo momento, a infraestrutura precisa ser de ponta nos principais portos do mundo.

Com o objetivo de explicar a logística de alguns deles, que dão conta diariamente de atracar navios, transportar cargas e ainda realizar diferentes tipos de vistorias, elaboramos este post para você aprender mais sobre este complexo ramo de extrema importância para a economia mundial. Vamos a eles!

Porto de Roterdã: pioneiro na automatização

Desde a década de 1990, o porto de Roterdã, na Holanda, conta com um avançado sistema de robôs operando na logística dos contêineres.

Totalmente automatizado, as cargas são controladas em tempo real por meio de uma central de monitoramento, onde funcionários direcionam as máquinas no transporte das cargas, além de observarem o fluxo de todos os movimentos das máquinas no quarto maior porto do mundo.

Dessa maneira, as operações são otimizadas, aumentando ainda a segurança tanto dos trabalhadores quanto das cargas, evitando perdas.

O porto conta com oito centrais controladas por joystick e seis telas por guindaste, além de 62 caminhões robôs. Trata-se de um exemplo de tecnologia de logística que se expandiu mundo afora.

Porto de Oakland aposta em centro de distribuição

Com o objetivo de diminuir custos, o porto de Oakland, nos Estados Unidos, apostou em um grande investimento de mais de US$ 1 bilhão para diversificar as operações.

A construção de um centro de distribuição foi a principal aposta para tornar a logística mais eficaz, sendo exemplo para outros portos, inclusive o de Santos, no Brasil.

O foco é melhorar a produtividade. A área conta com 700 mil metros quadrados contendo armazéns, linha férrea, espaço para cargas frigorificadas, além de terminais para grãos e granéis sólidos.

Porto de Xangai: o gigante da logística

Dos dez maiores portos do mundo, sete estão na China. E o de Xangai está no topo do ranking.

Situado ao lado de polos industriais e agrícolas, o porto da maior e mais rica cidade chinesa ocupa mais de 3.600 quilômetros de extensão e movimentou 10 milhões contêineres em 2015. Até 2020, um projeto de expansão vai ampliar a capacidade para 15 milhões de contêineres.

Para dar conta desta demanda audaciosa, a infraestrutura trabalha com pesados investimentos em transporte e tudo indica que o porto de Xangai, batizado de Yangshan, será o centro de navegação internacional nos próximos anos.

Ou seja, a logística portuária é de ponta, com abertura para o transporte marítimo e fluvial, sendo a principal porta de entrada dos importados e saída dos produtos chineses, que conquistam cada vez mais mercados.

Por dentro dos principais portos do mundo

Como você observou, os principais portos do mundo contam com tecnologia de ponta e automação em todos os processos de logística para otimizar o fluxo das mercadorias.

Trata-se de uma realidade que também já existe nos portos brasileiros. Afinal, a tecnologia reduz custos, aumenta a produtividade e ainda contribui para trazer novos investimentos, criando empregos e renda, além de fomentar a balança comercial do país.

E você, o que acha da qualidade dos principais portos do mundo? E os brasileiros estão muito atrasados no quesito logística? Deixe aqui o seu comentário e participe conosco!0000