Se começar e gerenciar um negócio em seu país parece difícil, imagine fazer isso em outros territórios, com culturas completamente distintas! Embora seja desafiador, a expansão  do negócio internacionalmente pode ser gratificante.

Vivemos em uma economia global e, com a internet, a internacionalização hoje figura como uma das preocupações estratégicas das empresas que desejam se destacar no mercado. Mas como preparar uma empresa para a expansão internacional? É o que vamos descobrir neste post!

Como preparar a empresa para uma expansão internacional?

A internacionalização não envolve somente conquistar novos mercados, mas também globalizar as funções de uma organização. E, para que essa missão seja bem-sucedida, é preciso definir uma estratégia sustentável e planejar-se bem, garantindo a produtividade da equipe. Veja nossas dicas!

Analise a estratégia global de sua empresa

Pesquise sobre a experiência que a sua empresa acumulou no estrangeiro e se já houve tentativas de internacionalização. A ideia aqui é entender a abertura internacional que a sua empresa possui, como a relação que ela estabelece com os mercados de fora. Isso também inclui compreender a menor ou maior resistência à internacionalização por parte dos gestores, empregados e acionistas.

Identifique oportunidades e ameaças internacionais

Ao estruturar a estratégia de expansão de uma empresa, é de suma importância entender quais países não oferecem potencial de expansão e onde a concorrência já domina o mercado, construindo uma verdadeira análise do ambiente concorrencial global.

Pesquise sobre a dinâmica internacional de seu setor, procurando entender quais são as pressões externas, tais como grau de protecionismo, regulamentações, cenário socioeconômico, entre outros.

Analise também as características do sistema concorrencial internacional, identificando suas forças e fraquezas. Entenda o que a oferta requer do mercado e quais são os cenários de evolução possíveis.

Estude diferenças culturais

É preciso entender como diferenças culturais afetam a viabilidade das operações de seu negócio em outro país. Pesquise os fatores culturais ligados ao seu produto ou serviço para garantir que há mercado e a necessidade dele.

Aprenda também sobre as barreiras da linguagem e como se dão as interações sociais. Algumas viagens curtas, bem como algumas consultorias, ajudam a transpor esses limites e colocar a sua empresa em um patamar de elegância internacional.

Entenda qual é o amparo das leis internacionais

Além das diferenças culturais, pesquise também sobre leis para empresas, impostos e outras particularidades para a conformação de seu negócio em outro país. Investigue o quanto esse movimento pode custar para sua empresa e como se adequar aos requerimentos da lei estrangeira.

Contrate um advogado que tenha experiências internacionais no país cogitado por sua empresa. Assim, esse profissional será capaz de entender a sua bagagem cultural e travar um diálogo entre ela e o ambiente internacional.

Determine formas de abordagem

Aqui, você e sua equipe precisam tomar decisões quanto às formas de entrada no novo mercado. Em função dos recursos financeiros, humanos e técnicos disponíveis, verifique qual é o nível de envolvimento da sua empresa com o novo país.

Entenda quais são os riscos de cada cenário, a sustentabilidade da estratégia de internacionalização a longo prazo, e qual a compatibilidade entre a sede e as filiais internacionais.

Foque na expansão, mas não deixe de cuidar das operações nacionais

Administrar uma expansão internacional enquanto cuida de uma base de consumidores com uma equipe enxuta pode ser muito difícil, o que torna o crescimento insustentável. Antes de optar pela expansão, assegure que você tem estabilidade estrutural e financeira para administrar o atual fluxo de trabalho, fazê-lo crescer de forma escalável e aprimorar a satisfação do cliente. Para isso, é importante garantir um controle de estoque exemplar, bem como o funcionamento fluido das operações logísticas.

Criar uma presença internacional forte envolve muito mais do que enviar seus produtos por um avião e esperar que as vendas ocorram naturalmente. Há uma série de fatores a serem considerados cuidadosamente, de modo a assegurar que há uma base de clientes a serem atendidos e que há recursos disponíveis para a expansão internacional.

Se você tem dúvidas sobre esse passo na trajetória de sua organização, especialmente quanto aos aspectos logísticos, comente aqui! Suas questões podem virar pauta em nosso blog!