Com as mudanças no mercado provocadas pelas interações realizadas via web, todo o processo comercial se altera, seja em formas de pagamento, plataformas de e-commerce e, mais recentemente, nos aspectos envolvendo logística de entrega de produtos. Veja, no post de hoje, quais as tendências de logística para 2017.

Conheça as tendências em logística para 2017

Logística com sustentabilidade

Em processo já iniciado em 2017, a área de logística aumenta sua preocupação com sustentabilidade. Isso será alcançado com um uso mais inteligente de veículos de transporte como caminhões e afins, que poderão aproveitar melhor suas capacidades, ocupando menos espaço nas estradas e liberando menos gases na atmosfera.

Nas áreas urbanas, automóveis com combustíveis renováveis e movidos à energia elétrica podem vir a ser uma realidade.

Transparência

Outra tendência é um aumento da transparência de todas as etapas do processo logístico, com plataformas de uso intuitivo por parte de consumidores que terão amplo acesso ao posicionamento de suas entregas, garantindo muito mais segurança e a satisfação de cada cliente.

Melhor integração com sites de e-commerce

Na geração atual, o número de empreendedores não para de crescer. Esse fato acaba gerando a necessidade de que as marcas de e-commerce não atendam somente B2C, mas também B2B. Por isso, a integração com sites de e-commerce será fortalecida.

Um dos sinais dessa mudança é o uso avançado de APIs – Protocolos automatizados de integração, em livre tradução. Lado a lado com esse aperfeiçoamento, temos as plataformas de tecnologia na nuvem, que será o ponto-chave de qualquer estratégia de negócios que deseje ampliar sua base de consumidores.

É via nuvem que dispositivos mobile e outros ganham relevância e interatividade com o processo.

Terceirização de serviços com entregas colaborativas

Uma série de empresas vem surgindo no horizonte com a promessa de trabalhar com entregas colaborativas e o número delas aumentará em 2017. Conheça duas a seguir.

Cargo X

O Uber da logística. Assim vem sendo tratado o  Cargo X. Este é um serviço que elimina intermediadores entre o fornecedor e o caminhoneiro. Em vez de ter de contratar uma empresa de logística, pode negociar diretamente com o responsável pelo transporte, gerando melhores condições de trabalho para ambos os lados.

E assim, tem-se melhores opções para que os clientes recebam seus produtos dentro do prazo estipulado, sem qualquer atraso.

Esta proposta logística vem para dar espaço de trabalho a caminhoneiros ociosos – 4 em cada 10 transportadores em todo o país, segundo pesquisa da empresa.

Shippify

A startup se baseia em serviço de logística com foco na rapidez e eficiência. Esse resultado é obtido com base em três pontos centrais:

  • o primeiro é a rede colaborativa de transportadores, lançando mão de ciclistas, motoboys, taxistas, entre outros para fazer entregas, em troca de comissões;
  • o segundo é o app móvel da marca para acompanhamento;
  • o terceiro é sua interface: totalmente flexível e adaptável aos mais diversos tipos de sites de e-commerce. Integração total.

Cada uma dessas tendências apontadas acima é muito relevante, afinal a logística tem sua importância cada vez maior, porque é o ponto capaz de ajudar no engajamento e satisfação de clientes, como vimos.

O que achou de conhecer mais sobre as principais tendências de logística para 2017? Quer saber mais sobre esse e outros assuntos? Então não deixe de assinar nossa newsletter e baixar nosso Ebook.